Site da rede
Artistasgauchos.com.br
artistasgauchos.com.br

Poesias

CORAÇÃO DE HONRA


Tenho um coração de honra
Não choro penas de mim
Não tem bom, não tem ruim
Só é meu o que mereço
Pago pra vida o seu preço
Do começo até o fim.

Não peço esmola ao destino
A minha vida eu bendigo.
Eu conto é mesmo comigo
Mantenho erguida minha testa.
No sofrimento ou na festa
Ao meu lado tenho amigo.

Só a verdade me ilumina
Do mundo eu tomo tenência
Sigo a luz da minha consciência
Não dou elogio de graça
E só a uma prenda lindaça ( e só a um peão lindaço )
Chamo de vossa excelência.

Sei o certo e o errado
E tudo o que tenho dito
São ideias que reflito.
Por isso não me confundo
Vou aprendendo com o mundo
Só luto porque acredito.

Tenho um coração de honra
Ninguém me ganha no grito
Respeito mais meu cãozito
Do que muito mequetrefe*
Com pose de grande chefe.
Falo e mando por escrito.



* mequetrefe: se mete onde não é chamado; patife.

Dilan Camargo
17/09/2012

 

 

Todos os direitos reservados a Dilan Camargo

Livros

Trabalhos

Mais uma vez o BrincRIar
foi selecionado para o PNBE!



mais livros